Pesquisa CBS

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Crimes em livros didáticos distribuídos pelo MEC




Esse vídeo é de junho de 2011 mas atual ainda, leia e veja:

Livros do MEC promovem MST, racismo, prostituição, incesto, estupro, pedofilia e agressão a professores para alunos do ensino fundamental.

No Pronunciamento do Senador Demóstenes, do dia 21 de junho de 2011, sobre o conteúdo dos livros da coleção Viver Aprender, distribuída pelo Ministério da Educação para o ensino público fundamental, há um relato minucioso do Senador que se constitui em graves DENÚNCIAS de promoção do racismo, prostituição, incesto, estupro, pedofilia e agressão física e moral a professores, além de enaltecimento do MST. Estas são DENÚNCIAS de condutas provenientes de administradores públicos que se constituem em CRIMES, e não podem de forma alguma serem consideradas meras "políticas de Estado" no âmbito do ensino público para alunos no início da adolescência . Este assunto já ingressou na órbita da transgressão do Código Penal e como tal deve ser examinado pelas autoridades responsáveis pela ação penal pública no Brasil.

Esse é a nossa Educação... cada povo tem o governo que merece !!!

Assuntos Relacionados

Assuntos Relacionados