Pesquisa CBS

terça-feira, 7 de junho de 2011

Obama declara junho o mês do orgulho gay

Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

Peter J. Smith

WASHINGTON, D.C., EUA, 2 de junho de 2011 (Notícias Pró-Família) — Pelo terceiro ano consecutivo, o presidente Barack Obama declarou junho como o mês para se celebrar os homossexuais.

“Toda geração de americanos aproximou mais nossa nação do cumprimento da promessa da igualdade. Embora o progresso tenha levado tempo, nossas realizações no avanço dos direitos dos americanos LGBTs nos fazem lembrar de que a história está do nosso lado, e que o povo americano nunca vai parar de lutar por liberdade e justiça para todos”, escreveu Obama, ao declarar junho como o “Mês Lésbico, Gay, Bissexual e Transgênero”.

A primeira declaração de “Mês Lésbico, Gay, Bissexual e Transgênero” foi em junho de 2009, que marcou o aniversário de 40 anos dos tumultos de Stonewall. O movimento homossexual traça suas origens a junho de 1969 no bar Stonewall na cidade de Nova Iorque, onde um grupo de homossexuais provocou tumultos em protesto contra as batidas policiais nos bares gays.

Na proclamação deste ano, Obama comentou que junho de 2011 marca o “aniversário de 30 anos do surgimento da epidemia do HIV/AIDS, que tem tido um profundo impacto na comunidade LGBT”.

O presidente também comentou que ele derrubou a lei das forças armadas que impedia os soldados de serem homossexuais assumidos.

Ele acrescentou que o governo estava também implementando a “Lei Matthew Shepard e James Byrd, Jr de Prevenção aos Crimes de Ódio”, e trabalhando com educadores para deter práticas de bullying contra jovens homossexuais.

Obama também comentou que seu governo está selecionando “indivíduos altamente qualificados e assumidamente LGBTs para posições do Poder executivo e do Poder judiciário”. Ele acrescentou que seu governo tem o compromisso de marcar os Estados Unidos como líder mundial na “luta contra as perniciosas leis direcionadas aos indivíduos LGBT e contra as tentativas maliciosas de se excluir as organizações LGBTs da plena participação no sistema internacional”.

Diferente da proclamação do mês LGBT do ano passado, Obama não mencionou que seu governo tem como prioridade a derrubada da Lei de Defesa do Casamento de 1996.

O presidente declarou que para a comunidade LGBT “a história está do nosso lado”, acrescentando que conquistar direitos para pessoas que se identificam como homossexuais é parte dos americanos que “lutam por liberdade e justiça para todos”.

A proclamação pode ser lida aqui.

Artigos relacionados:

Ativistas e colaboradores gays são o principal sustentáculo da campanha para reeleger Obama

Clinton e Obama competem para ver quem ama mais o homossexualismo

Obama introduz ‘pais’ gays em proclamação do Dia dos Pais

Ativista gay louvado por Obama diz que Deus é um fanático homofóbico pecador

Será que Obama é uma fraude cristã?

Autoridade do governo de Obama admirou ardente promotor da pedofilia

Obama celebrará “aniversário” do movimento homossexual — os Tumultos de Stonewall

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Veja também este artigo original em inglês:

http://www.lifesitenews.com/news/obama-declares-june-gay-pride-month

Que Deus tenha piedade dessa humanidade, tenha piedade de todos nós!!!

Assuntos Relacionados

Assuntos Relacionados